25/04/2013



...e eu secretamente celebro, bem lá no fundo, que aquelas coisas que desejei pra ele em inúmeros recadinhos, dedicatórias  conversas e naquela blusa do mapa estão vindo a acontecer e a encher de felicidade a vida dele mesmo que eu não esteja mais presente e podendo fazer parte dessa felicidade também...

18/02/2013



"A muito tempo não passava o dia com ele. Não dessa forma, só eu e ele sendo realmente eu e ele. Nós somos amigos. Do tipo de amizade que não se explica, foi assim que aconteceu, aceitamos e nos amamos desde então. Já moramos juntos, nos divertíamos tirando fotos idiotas e comendo queijadinhas incríveis no tapete de grama da sala. Eu decidi que ia embora. Larguei o Tonho. E dizem que quando um sai, o que fica sempre sofre mais. Nunca soube desse sofrimento por ele e fiquei tão, mais tão feliz quando ele também largou São Paulo e foi me ver. Me fazer ver quem eu era. Eu egoísta, ele humilde. Ele foi, voltou e eu fiquei lá. Hoje descobri o que aconteceu com ele durante esse tempo. Já havia notado que ele mudou, mas perdi o processo e sem o processo me confundia em como seria a nossa vida na mesma cidade, juntos novamente. Mas hoje passei o dia com o Tonho e fomos o que sempre fomos um para o outro. Falamos, falamos, falamos...sobre tudo, ao mesmo tempo, colocando as palavras nas frases do outro e concordando antes de chegarmos ao fim das nossas idéias, coisa de gente que não precisa de muita palavra para se entender, mas que adora soltar todas elas. Ele me disse que eu escrevo bem (nunca imaginei ouvir isso, odiava português e amava matemática), eu disse que não sei se escrevo bem, que cuspo tudo e é isso. E ele, que é minha inspiração e que escreve deliciosamente bem, me disse que é um editor e que sempre pensou, mas não escrevia. GraçasaDeus começou a escrever! Ele me deu um livro com dedicatória linda e aí fomos ao museu, caminhando devagar. A exposição foi incrível, mas de repente nos vi parados no meio dela, de costas para as obras e atrapalhando as pessoas, porque não conseguíamos parar de rir e falar. E assim o tempo foi passando, sem que percebece-mos...ficou tarde, perdemos a hora “da janta” com outros amigos, a noite estava quente, andamos...acabamos esticando para um lanche na padaria, uma cerveja na esquina e um abraço apertado e inteiro daqueles que não queremos largar... Cheguei em casa, fui para o meu chuveiro e pensei: “tenho que escrever para ele, dizendo que esqueci de uma coisa, esqueci de dizer: Já falei que te amo hoje?” sempre nos falamos isso e a frase sempre soa tão verdadeira, espontânea e dita pela primeira vez...mas quando acabei meu banho e voltei ao quarto determinada em escrever, ele já tinha mandado uma mensagem fofa de amor pelo nosso dia, coisa de gente que não precisa falar para o outro ouvir."

08/11/2012











Eu vivo a sorrir, eu vivo a sorrir
pro caso de você virar a esquina
e adentrar a livraria
pro casi de o acaso estar num bom dia
pro caso de o destino me haver reservado a alegria
e o meu fado estar fadado a ser a sua sina
eu vivo a sorrir, eu vivo a sorrir
pro caso de você errar a vereda
e acertar o elevador
pro caso de o acaso estar inspirado
e emaranhar por capricho tempo e espaço
cruzando as nossas linhas soltas num laço
eu vivo a sorrir, eu vivo sorrir
vai que se materializa o meu sonho dourado
vai que me espera com boas notícias o inesperado



26/09/2012










Duas de uma

















Quando você me ouvir cantar
Venha não creia eu não corro perigo
Digo não digo não ligo, deixo no ar
Eu sigo apenas porque eu gosto de cantar
Tudo vai mal, tudo
Tudo é igual quando eu canto e sou mudo
Mas eu não minto não minto
Estou longe e perto
Sinto alegrias tristezas e brinco
Meu amor
Tudo em volta está deserto tudo certo
Tudo certo como dois e dois são cinco
Quando você me ouvir chorar
Tente não cante não conte comigo
Falo não calo não falo deixo sangrar
Algumas lágrimas bastam pra consolar
Tudo vai mal, tudo
Tudo mudou não me iludo e contudo
A mesma porta sem trinco, o mesmo teto
E a mesma lua a furar nosso zinco
Meu amor
Tudo em volta está deserto tudo certo
Tudo certo como dois e dois são cinco
Meu amor
Tudo em volta está deserto tudo certo
Tudo certo como dois e dois são cinco
Meu amor
Tudo em volta está deserto tudo certo
Tudo certo como dois e dois são cinco